image description

Sobre

Descobri muito jovem o meu interesse por música. Digo música, porque o meu gosto musical é amplo, sendo um fiel apreciador de música fina flor. Serei o que os entendidos designam por um “ouvido eclético”.
Tinha quinze anos quando comecei a prestar mais atenção à música de dança e a demonstrar maior interesse pelo que se vendia nas lojas de discos locais.
Como qualquer paixão, depois dos beijinhos, passei à ação e abri a minha própria loja de música, importando dos EUA, Canadá e Austrália as últimas novidades no panorama da música eletrónica.
Mais recentemente, comecei a abrir horizontes com o conceito “A convite da Cadeira de Plástico”. E perguntam vocês o que é a tal cadeira de que tanto falo?
É de plástico, mas muito confortável até para os ouvidos mais exigentes. Chamo-lhe frequentemente fina flor porque a dedicação ao projeto é total.
O conceito consiste na organização de eventos de música eletrónica, em toda a sua amplitude, apostando em nomes reconhecidos por todos, mas também abrindo espaço para artistas menos “ mainstream” mas com qualidade exímia.
E assim meus amigos, a Cadeira de Plástico pretende ser um sinónimo de puro bom gosto musical. Vanguardista e fina flor. Daquele que nos faz bater o pézinho e apontar pró Senhor.